quinta-feira, 15 de abril de 2010

 Análise do anúncio do “O Boticário” sob a ótica saussureana


O presente post expõe uma análise das relações acerca dos signos lingüísticos sob a ótica de Jakobson. Adotamos como objeto de estudo um anúncio da marca O Boticário veiculado em 2005, pertencente a uma campanha do mesmo segmento icônico.
Na propaganda, as palavras tendem a expressar um sentido que muitas vezes é complementado pelas imagens dos anúncios, outras vezes, é o texto que completa o sentido da imagem, descrevendo o que Saussure e Barthes chamam de significante e significado. Dentro desse contexto, para uma criação publicitária, há vários significantes para se produzir um significado desejado. Sendo assim, não se esgota a união significante e significado.
No anúncio analisado, é perceptível a relação dos significados e significantes no contexto icônico representados na imagem e complementada pelo texto.
Na peça há uma sequência de palavras para dar o contexto e sentido da idéia criativa, que é através do personagem mítico da história infantil, mais precisamente dos contos de fadas.
Na frase “Use O Boticário e ponha o Lobo Mau na coleira” tem-se uma relação sintagmática que oferece suporte à imagem (a figura do personagem Chapeuzinho Vermelho). Quem é o Lobo Mau nesta história? Não há evidência deste personagem. Em um sentido conotativo, há a percepção de este lobo ser o próprio homem, evidenciando assim a submissão masculina diante da mulher que utiliza os produtos da marca O Boticário. Esta percepção só é possível devido ao eixo paradigmático, que permite fazer associações, numa espécie de “banco de reservas”.

Artigo por Lígia, Ricardo e Joel

15 comentários:

  1. Achei muito criativo da parte do "O Boticário" usar o conto de fadas nessa campanha. E realmente o lobo mau é o homeme..hauhauhua Sem mais delongas eu goste desse tamnbém xD
    by: Ligia Maria Stansky

    ResponderExcluir
  2. Trabalhou muito bem os aspectos significado e significante, tendo ainda a abordagem do paradigmático, que por sua vez, destaca bem a relação entre o jogo das associações, do uso adequado das palavras.
    Dameliza Rafaela :)

    ResponderExcluir
  3. É engraçado como a propaganda, em uma simples imagem de uma menina com um gorro vermelho e uma pequena frase consegue fazer com que pensamos tantas coisas. Em nenhum momento há uma explicação direta do que se está querendo dizer, mas todas nós direcionamos os pensamentos para o mesmo foco. Se esse direcionamento de pensamentos ocorre da forma esperada é porque a peça atingiu o objetivo e será absorvida de forma satisfatória pelo público-alvo.
    Carla Martins

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. O texto complementa a imagem da "Chapeuzinho Vermelho" motivando as mulheres a usarem produtos "O Boticário" pois é a forma de domar o "Lobo Mau" (o homem) e colocá-lo na coleira.

    ResponderExcluir
  6. Meu comentário é um pouco suspeito e tendencioso... pois adorei essa peça! Numa campanha inteira com personagens míticos que nos direcionam a algum lugar no obscuro sentimento nostálgico, remetendo-nos a uma infância "recente", que por sua imagem lembra-nos do conto de fada da Chapeuzinho Vermelho e que inserida na peça em questão confere à mulher um status da própria "chapeuzinho", que é identificada logo de cara pelo gorro vermelho e pelo seu batom escarlate, o que transfere à mulher "poder e sedução" de pôr qualquer lobo "homem" na coleira... lógico, que com os produtos dessa linha do Boticário.

    ResponderExcluir
  7. Ricardo como sempre arrsasando com as palavras,muito bem colocadas, adorei muito interessante..de vez enquando coloco uns lobos na coleira rsrss.. bjus

    ResponderExcluir
  8. Ricardo como sempre arrsasando com as palavras,muito bem colocadas, adorei muito interessante..de vez enquando coloco uns lobos na coleira rsrss.. bjus

    ResponderExcluir
  9. Muito legal a analise feita do anuncio, o jogo de tirar o personagem 'bonzinho e bobinho'e coloca-lo em posição de atitude e dono da situação é fantastico,gostei muito.

    ResponderExcluir
  10. Trazendo a mente a personagem infantil "chapeuzinho vermelho",o boticário dá uma nova cara a história,qdo altera a caracteristica do "lobo mau" para a de um homem(entendido pelo texto) e com isso a "chapeuzinho",q na imagem já é uma mulher,ao utilizar produtos da linha irá seduzi-lo e domina-lo.
    Muito boooomm...tanto a peça qdo o texto.
    O boticário utilizou de forma criativa os pernonagens míticos.
    Rayssa Palitot

    ResponderExcluir
  11. PEDRO RICARDO RAMOS

    Anúncio bastante inteligente, que tem o significado de mostrar que usando o perfume da marca O Boticário, você será uma mulher mais demonadora, mais "poderosa", de certa forma.

    ResponderExcluir
  12. Ana carolina paiva6 de maio de 2010 17:09

    o texto mostra que os produtos da boticário, passa um certo poder para a mulher,atribuindo poder a marca,adoreii o texto, super bem feito claro foi meu amigo joel ne gente?! rsrsrs

    ResponderExcluir
  13. A peça mostra de uma forma audaz o poder que o Boticário transmite às mulheres, que através da sedução podem realizar as mais inusitadas fantasias, e que além do poder de sedução tem também poder de domínio sob homens que se acham o lobo mau do conto infantil.
    Mulheres colocando homens na coleira literalmente (kkkk) quanto poder...
    Poder esse resultante da combinação dos produtos Boticário e Mulher.

    Amanda Santos!

    ResponderExcluir
  14. O Boticário foi muito inteligente em fazer uso de personagens que são tão marcantes na mente dos consumidores. Acredito que a idéia não foi apenas de ter o homem na coleira, mas de principalmente mostrar o lado independente que as mulheres vem conquistando, elas cada vez mais estão donas de suas próprias vidas e prontas para tomarem decisões tanto quanto os homens.

    Regina Nunes
    Regina

    ResponderExcluir
  15. Olá,vi que esse anuncio foi vinculado no ano de 2005 gostaria de saber onde(revistas,jornais,tv...)estou fazendo um trabalho sobre intextualidade e gostaria muito de usar essas imagens.ninha0708@gmail.com

    ResponderExcluir